DAVID PHELPS
LEGACY OF LOVE
Emissão Online
 
2017-05-19 00:00:05
"Nascido da Água e do Espírito"
“Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.” João 3:5.

Jesus referia-Se aí ao baptismo da água, e à renovação da alma pelo Espírito de Deus. DN, pág. 133.

Arrependimento, fé e baptismo são os passos requeridos pela conversão. … Quando os cristãos se submeterem ao solene rito do baptismo, Ele regista a promessa que fazem de serem fiéis a Deus. Este voto é o seu juramento de lealdade. Ev, págs. 306 e 307.

Cristo fez do baptismo o sinal de entrada no Seu reino espiritual. Fez disto uma condição positiva com a qual devem concordar todos os que desejam ser confirmados sob a autoridade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Antes do homem poder encontrar um lar na igreja, antes de passar pelo limiar do reino espiritual de Deus, deve receber o selo do nome divino, “O Senhor Justiça Nossa”. Jer. 23:6.

Os que são baptizados no tríplice nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ao iniciarem a vida cristã, declaram publicamente ter abandonado a servidão de Satanás e que se tornaram membros da família real, filhos do Rei celeste. Obedeceram à ordem: “Saí do meio deles, e apartai-vos, … e não toqueis nada imundo.” E neles se cumpre a promessa: “e Eu vos receberei; e Eu serei para vós Pai, e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.” II Cor. 6:17, 18. 6T, pág. 91.

Dali por diante o crente deve ter em mente que se dedicou a Deus, a Cristo e ao Espírito Santo. Nesta nova relação, deve pôr num plano secundário toda a consideração mundana. …

São recíprocas as obrigações assumidas por ocasião do baptismo. Ao fazerem a sua parte com uma obediência de todo o coração, os homens têm o direito de orar: “Seja conhecido, Senhor, que és Deus em Israel.” O facto de terem sido baptizados no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, é uma segurança de que podem reclamar o Seu auxílio e este poder ajudá-los-á em toda a emergência. Ev, pág. 316.

Por:
Partilhe:
newsletter
Copyright 2017 Rádio RCS